Deslize sacerdotal: Padre chama crentes de otários








O padre Paulo Ricardo de Azevedo Junior, pertencente ao Clero da Arquidiocese de Cuiabá, cometeu um equivoco em uma de suas ministrações durante uma missa. Durante sua falar o padre chamou os crentes de otários e orgulhosos, por acreditarem que podem falar diretamente com Deus. O vídeo com suas declarações foi postado no Youtube e causou polemica e constrangimento entre os evangélicos.





Padre Paulo Ricardo de Azevedo Junior, em sua ministração falava sobre a virgem Maria, e enumerou as virtudes de Maria como intercessora diante de Deus, e aproveitou o tema para criticar os crentes por não aceitarem intermediários perante Deus. “O princípio protestante é um princípio orgulhoso. Existe protestante humilde, mas não existe protestantismo humilde. O protestantismo é orgulhoso”, afirmou o padre.





Apesar de um tema praticamente superado, porque atualmente muitos católicos que lêem a Bíblia entenderam que ela tem razão quando diz que “há somente um mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus.” I Timóteo, 2:5.





Portanto, acreditar ou aceitar intermediários é no mínimo ignorância e negligencia aos princípios de Deus. São inúmeras as passagens bíblicas que indicam que o ser humano pode recorrer diretamente a Deus em qualquer circunstancia. "Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e pela súplica, com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. Perto está o Senhor" Fel 4:6 Porque recorrer a Maria? E a mulher está na glória com o Senhor! Invocar quem já morreu é uma idéia ocultista.





"Sendo assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada e tendo os nossos corpos lavados com água pura." (Hebreus 10:22)



"Quando a minha vida já se apagava, eu me lembrei de ti, SENHOR, e a minha ORAÇÃO subiu a ti, ao teu santo templo." Jonas 2: 7.

Jesus Cristo é o único mediador entre Deus e o ser humano, você não precisa pedir a Maria, nem José, nem Pedro ou qualquer outra criatura. Vá direto ao criador: “Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á. Ou qual dentre vós é o homem que, se seu filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?” Mateus, 7:7-11.





Infelizmente os líderes da Igreja, ainda no inicio do século III, desvirtuando os princípios de Deus e ignorando os ensinos de Jesus, começaram a transportar os restos mortais dos apóstolos para Roma e a venerar estes personagens que andaram com Jesus. Mas em nenhum livro ou epístola da Bíblia contém qualquer referencia à veneração às pessoas. Ao contrário, adorar imagem é abominação ao Senhor.

Postado por Pr. Lúcio Freire  livrearbitrio